Procurador do Trabalho elogia novo serviço municipal especializado em saúde do trabalhador



Dr Marcos (D) conversou com a secretária de saúde e
o médico do trabalho, Dr João Jorge 
O procurador do Ministério Público do Trabalho de Campina Grande, Marcos Antonio Ferreira Almeida, conheceu, na manhã desta quinta-feira, 09, as instalações do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT). Acompanhado da secretária municipal de saúde, Lúcia Derks, o procurador também participou de uma reunião com os profissionais do serviço, que foi inaugurado no dia 01 de maio e é voltado exclusivamente para o servidor público do Município.

 Durante a visita, o procurador falou da importância do serviço para o servidor e parabenizou a gestão do prefeito Romero Rodrigues pelas ações que vêm sendo desenvolvidas para melhorar a saúde do trabalhador. “É bem verdade que o serviço precisa ser ampliado, até mesmo pela própria dimensão do funcionalismo público municipal, mas já é um passo importante, que sinaliza a preocupação da gestão atual em formular um olhar diferenciado para a saúde do servidor público”, avaliou.

 O representante do Ministério Público ainda ressaltou que, na maioria dos municípios de pequeno e médio porte, as prefeituras são os maiores empregadores e, por isso, os gestores públicos devem ter um cuidado especial com a saúde do servidor. “Quando o funcionário público falta ao trabalho por motivo de doença, a sociedade também sai perdendo porque o serviço deixa de ser executado, além disso, ainda tem o custo social do afastamento do trabalhador”, disse.

A secretária Lúcia Derks, lembrou que a Prefeitura vai realizar, já no próximo ano, um concurso público para o SESMT, que atualmente conta com uma equipe formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem do trabalho e engenheiro. A secretária também informou ao procurador do trabalho que, além do SESMT, outros serviços de saúde estão sendo oferecidos aos trabalhadores municipais.

“Todos os motoristas da secretaria de saúde, por exemplo, estão passando por exames oftalmológicos e, logo em breve, aqui no Centro de Saúde do Catolé, vamos oferecer várias especialidades médicas, além de um Centro de Especialidades Odontológicas, que atenderá os servidores duas vezes por semana durante à noite”, garantiu.

 Serviços – O SESMT realiza ações de prevenção, educação, promoção e capacitação em saúde e segurança no trabalho. No local, o servidor também pode fazer exames médicos operacionais e conta com serviços de imunização, reeducação alimentar e atividades físicas. A equipe do serviço irá desenvolver programas de combate ao tabagismo, álcool e outras drogas, prevenção de doenças crônicas degenerativas, como a hipertensão e diabetes.

 

Coordenadora do CEREST afirma que o SESMT representa um marco da administração do prefeito Romero Rodrigues


Anna Karla é a coordendora geral do CEREST/CG

A coordenadora Geral do CEREST/CG, Anna Karla Souto Maior disse ser privilégio participar da solenidade de inauguração do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT, pois segundo ela, este serviço representa um marco da administração do prefeito Romero Rodrigues, que prima pela saúde dos trabalhadores municipais.

Anna Karla ressaltou a colaboração especial que o Centro de Referência tem dado para a implantação do SESMT, que hoje “o consideramos de nosso irmão, pois, também sentimo-nos responsáveis por ele”, afirmou.

De acordo ainda com Anna Karla, o CEREST sempre esteve caminhando com o SESMT, “pois, desde quando se almejou o serviço, orientamos e capacitamos os profissionais; participamos desde a elaboração do projeto à seleção das equipes técnicas, claro que tudo isto foi feito sob a supervisão da Secretaria Municipal de Saúde”, lembra.

A cooperação profícua entre as duas unidades de saúde do trabalhador, acredita a coordenadora do CEREST/CG, será fortalecida no momento em que o SESMT, de fato e de direito, passa a exercer legalmente a sua missão, que a de zelar pela saúde dos trabalhadores municipais de Campina Grande.



Dia do Trabalho em Campina Grande teve inauguração de serviço de saúde do servidor


Inauguração do Serviço aconteceu na manhã do Dia 1º de Maio

Para comemorar o Dia do Trabalho, a Prefeitura Municipal de Campina Grande realizou diversas atividades alusivas à data, na última quarta-feira. Uma das ações do dia 1º de maio foi a inauguração do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT).

O Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (CEREST/CG), um dos principais parceiros do SESMT, participou da organização do evento, além disto, os profissionais prestigiaram a solenidade, que contou com a presença do prefeito Romero Rodrigues.


Equipe do CEREST/CG prestigiu solenidade

O serviço, que foi inaugurado às 10h da manhã, funciona no Centro de Saúde do bairro do Catolé, e será voltado exclusivamente para o servidor público municipal, com a finalidade de promover a saúde e proteger a integridade do trabalhador no local de trabalho.

O SESMT é uma exigência do Ministério Público do Trabalho e conta com seis salas para atendimento, sendo duas delas para consultas médicas. No serviço, serão realizadas ações de prevenção, educação, promoção e capacitação em saúde e segurança no trabalho.

Também são oferecidos exames médicos operacionais, serviços de imunização, reeducação alimentar, atividades físicas, além do desenvolvimento de programas de combate ao tabagismo, álcool e outras drogas, prevenção de doenças crônicas degenerativas como hipertensão e diabetes e cuidados com a saúde do homem e da mulher.

CORRIDA E CAMINHADA – Antes da solenidade de inauguração do SESMT, a Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, realizou a “Caminhada e a Corrida do Trabalhador”. A saída foi do Parque da Criança às 7h30 e chegada no Centro de Saúde do Catolé às 9 horas, totalizando um percurso de cinco quilômetros. A prova foi dividida em seis categorias, sendo três masculinas e três femininas.



As categorias foram para servidores públicos municipais e estaduais e para o setor privado.

CEREST/CG leva ações à Praça da Bandeira para celebrar o Dia Mundial em Memórias às Vítimas de Acidentes de Trabalho

A população buscou orientação jurídica com a nossa Assessoria
Importante programação foi realizada na Praça da Bandeira durante a sexta-feira, 26/04, pelo Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador - CEREST/CG, para lembrar o Dia Mundial em Memórias às Vítimas de Acidentes de Trabalho, que transcorreu no dia 28/04.

A mobilização chamou a atenção dos trabalhadores que buscaram informações sobre direitos trabalhista, previdenciário e da saúde. Além disto, a população em geral foi contemplada com outros serviços, a exemplo de corte de cabelo, vacinação e emissão do Cartão SUS.

O evento foi aberto oficialmente às 9 horas pela coordenadora geral do CEREST/CG, Anna Karla Souto Maior, sendo prestigiado por todos os funcionários da unidade de saúde do trabalhador e representantes das instituições parceiras.

A secretaria Municipal de Saúde Lúcia de Fátima Maia Derks destacou a importância da mobilização, lembrando que a Saúde do Trabalhador é uma área da Saúde Pública que prevê o estudo, a prevenção, a assistência e a vigilância aos agravos à saúde relacionados ao trabalho.

“As políticas públicas no campo da saúde e segurança no trabalho constituem ações implementadas, não só pelo Estado, mas também pelo Município visando garantir que o trabalho, base da organização social e direito humano fundamental, seja realizado em condições digna e segura, de modo a melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores e o CEREST tem esta missão”, afirma.

A Coordenadora Geral do CEREST também falou da importância das ações levadas a praça pública. “Este dia é de reflexão para os trabalhadores, principalmente aqueles que enfrentam algum tipo de problema de saúde decorrente dos ambientes do trabalho. Aproveitamos a data, não só para orientar os trabalhares quanto aos seus direitos trabalhista, previdenciário e da saúde, mas também para divulgar o trabalho da unidade de saúde do trabalhador, que é formada por 70 municípios paraibanos”.

O corte de cabelos foi o serviço mais procurado
Trabalhadores e Idosos lotaram as barracas na Praça da Bandeira em busca de orientações e dos serviços oferecidos. Paulo Freitas Dantas, 29, e Ana Paula Medeiros,35, aproveitaram o momento para fazer o corte de cabelos. “ É uma excelente oportunidade para quem não tem condições”, brincam. Antônia Francisca,65, foi exclusivamente ao local tomar vacina.

Em Campina Grande, no período de 2007 a 2012, foram registrados 582 acidentes de trabalho graves. A LER/DORT (Lesões por Esforço Repetitivo/Doenças Osteomusculares) totalizaram 386 casos, enquanto os acidentes decorrentes do manuseio de material biológico somaram 42 casos, e os de intoxicação exógena, 47 casos.

















Brasil registra 700 mil acidentes de trabalho anualmente

O Dia Mundial em Memórias das Vítimas de Acidentes de Trabalho surgiu no Canadá, por iniciativa do movimento sindical, como ato de denúncia e protesto contra as mortes e doenças causadas pelo trabalho, espalhando-se por diversos países. Esse dia foi escolhido em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, em 1969.


Para celebrar esta data, o Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador - CEREST/CG, programou um dia de mobilização na Praça da Bandeira. As ações educativas e de orientação sobre direitos trabalhistas, previdenciários e da saúde, além de outras atividades serão realizada em 26 do corrente mês.

Indicadores da Organização Internacional de Saúde (OIT) mostram que, por dia, morrem 5 mil trabalhadores acidentados durante suas atividades laborais. No Brasil, nos últimos anos, o número de acidentes de trabalho vem crescendo. São cerca de 700 mil casos de acidentes de trabalho todos os anos, sem contar os casos não notificados oficialmente, de acordo com o Ministério da Previdência.

Na Paraíba os acidentes de trabalho aumentaram, segundo uma pesquisa feita pela Previdência Social. No período de dois anos, essas notificações no Estado subiram 3,98%, saindo de 4.914 casos em 2009 para 5.110 em 2011.

Os dados fazem parte do Anuário Estatístico de Trabalho 2011, apontado pelo órgão como o estudo mais recente sobre o assunto. Os dados relativos a 2012 ainda não foram divulgados.

Em Campina Grande, no período de 2007 a 2012, foram registrados 582 acidentes de trabalho graves. A LER/DORT (Lesões por Esforço Repetitivo/Doenças Osteomusculares) totalizaram 386 casos, enquanto os acidentes decorrentes do manuseio de material biológico somaram 42 casos, e os de intoxicação exógena, 47 casos.

Somente em 2011 foram notificados 46 acidentes graves de trabalho, e no ano passado, o CEREST/CG registrou 53 casos.

Quanto aos óbitos decorrentes de acidentes de trabalho, a unidade de saúde do trabalhador de Campina Grande notificou e investigou dois casos em 2012 e um no primeiro trimestre deste ano.

Vale ressaltar que estes dados referem-se apenas aos trabalhadores com carteira assinada, ou seja, os celetistas, os demais trabalhadores não constam nesta estatística. “Além disto, sabemos que estes dados não refletem à realidade destes trabalhadores, há uma grande subnotificação”, afirma a coordenadora do Centro.







CEREST/CG promoverá ações educativas para lembrar Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho


A Prefeitura Municipal de Campina Grande, através da Secretaria Municipal de Saúde e do Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador – CEREST/CG, promoverá no dia 26 de abril, na Praça da Bandeira, uma mobilização alusiva ao Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças de Trabalho, que transcorre em 28 do corrente mês.

As ações serão realizadas em parceria com instituições envolvidas com a Política Nacional de Saúde e Segurança do Trabalhador (PNSST), entre elas o INSS, Escola Técnica Redentorista (ETER) e o Serviço Social da Indústria (SESI).

Na Praça da Bandeira, onde serão realizadas as ações educativas, os trabalhadores terão a oportunidade de obter informações sobre direitos trabalhistas, previdenciários e da saúde, com a equipe técnica da unidade de saúde do trabalhador e dos demais parceiros.

Segundo informações da coordenadora Geral do CEREST/CG, Anna Karla Souto Maior, o evento tem como objetivo divulgar a Política de Saúde e Segurança do Trabalhador, a qual foi pactuada pelo Ministério da Saúde como prioridade nacional no Pacto pela Vida, e que, consequentemente os municípios deverão implantá-la e/ou implementá-la.

De acordo ainda com Anna Karla, a mobilização também servirá para chamar a atenção da sociedade em geral quanto às estatísticas crescentes dos acidentes de trabalho. “É necessário urgente intensificar as ações de promoção e prevenção preconizadas pelas diretrizes da PNSST, pois as estatísticas em relação aos acidentes de trabalho, no mundo, são assustadoras”, afirma.





←  Anterior Proxima  → Inicio

CEREST/CG

R. Maestro Alcides Leão, 595, Bairro Santa Cruz (ao lado do INSS). Campina Grande, Paraíba, Brazil

Pesquisar este blog

Seguidores

Total de visualizações

LINKS ÚTEIS