Serviço de assistência à saúde e segurança do trabalhador completa dois anos beneficiando a comunidade de Lagoa Seca

(Postada em 03/04/2011)

Campina Grande/PB - O Serviço de Saúde e Segurança do Trabalhador – SESST de Lagoa Seca completou dois anos de funcionamento neste mês de março. A cidade é pioneira no interior da Paraíba na implantação do sistema, que é está vinculado ao Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador – CEREST de Campina Grande.

O objetivo do SESST, inicialmente, é fazer o acompanhamento da segurança e da saúde dos servidores municipais, sobre os acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho que acontecem de forma inesperada e interfere, ou interrompe o processo normal de uma atividade, trazendo como conseqüência isolada, ou simultânea, a perda de tempo, dano material ou lesões ao homem. Posteriormente, ele também se dedicará aos demais trabalhadores do município.

Na manhã de ontem, os técnicos do Serviço realizaram o encerramento da formação dos auxiliares de serviços gerais da Secretaria de Saúde. O encontro foi realizado no auditório do posto de saúde Inácia Leal durante toda manhã. A capacitação serviu para que esses funcionários tenham conhecimento de como proceder em caso de acidente no trabalho e saibam reconhecer problemas de saúde relacionados ao tipo de atividade realizada em seu cotidiano. Também foram repassadas informações sobre o uso do material de trabalho adequado (luvas, botas, etc.) que devem ser utilizados por esses profissionais.

O técnico de enfermagem em Segurança do Trabalhador, Josivaldo Ferreira da Silva, explicou que a mesma capacitação já foi realizada com os médicos e enfermeiros que atuam na saúde do município, bem como para as demais secretarias. “Esse trabalho é uma exigência estabelecida pelo Ministério do Trabalho para que o serviço seja implantado no município, já capacitamos funcionários de outras secretarias também e hoje finalizamos mais uma etapa”, observou o técnico.

Lagoa Seca chegou ao processo final das ações que garantem que o serviço funcione de forma eficiente. Para tanto, nesses dois anos, uma série de medidas foram tomadas pela prefeitura municipal, através do prefeito Edvardo Herculano de Lima.

Segundo a coordenadora do Cerest/CG, Joaquina Amorim, a participação do gestor é fundamental para que as exigências estabelecidas pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) do Ministério do Trabalho sejam cumpridas. “Edvardo teve uma grande iniciativa, quando nos procurou para que pudéssemos implantar esse serviço aqui, pois cabe ao gestor tomar iniciativa. A administração municipal de Lagoa Seca, não mediu esforços para que o trabalho chegasse com sucesso a sua etapa final, isso demonstra o respeito e a seriedade que o prefeito tem para com os trabalhadores do município”.

A prefeitura de Lagoa Seca realizou todas as exigências do Ministério do Trabalho, dentre elas: a organização de uma sede para o funcionamento do serviço com a infraestrutura física e pessoal contratado e capacitado. Também realizou capacitação para todos os servidores e implantou a insalubridade para os servidores que tinham direito, após mapeamento de risco realizado pelo Cerest e pela Vigilância do município, completando assim a finalização do processo de implantação do Sesst.

Em 2010 o serviço encerrou suas atividades com um saldo de 62 consultas realizadas pelo médico do trabalho, 08 relatos de acidente do trabalho, 56 exames admissionais e 04 mudanças de função.



Redação itaporanga.net com Ascom







←  Anterior Proxima  → Inicio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CEREST/CG

R. Maestro Alcides Leão, 595, Bairro Santa Cruz (ao lado do INSS). Campina Grande, Paraíba, Brazil

Pesquisar este blog

Seguidores

Total de visualizações

LINKS ÚTEIS